PROTESTO DA BR-222 – Rally reúne centenas de participantes (Demo)

222Sobral – O protesto em forma de Rally, com a participação do governador Cid Gomes, aconteceu como estava programado, na manhã de ontem. Agora resta saber se o objetivo, a recuperação das estradas federais que cortam o Estado, principalmente a BR-222, será alcançado. Se depender da placa, colocada próxima aonde as autoridades discursaram, em Itapajé, isto já deverá acontecer em meados do mês de junho, período em que cessam as chuvas na região.

 O número de participantes, entre competidores profissionais, corredores da Federação Off-road do Ceará e Federação Cearense de Pilotos e Navegadores, além de sócios do Clube do Jipe, Comando Apache, Só Tração, e Rota e Ação; e outros participantes, além de autoridades políticas da região Norte, uma das mais afetadas por conta da buraqueira naquela rodovia, chegou a mais de 200 participantes, segundo os organizadores.

Os carros saíram às 10h30 de Sobral. A primeira parada obrigatória aconteceu entre os Municípios de Irauçuba e Itapajé, em um dos trechos que vinha sendo recuperado e, por apresentar falhas na sua execução, teve que ser interrompido. Em seguida uma parada para discurso na cidade de Itapajé. A terceira e última parada aconteceu no Município de Umirim onde um grupo de pessoas fechou a rodovia por mais de uma hora, até a chegada dos primeiros carros, que viajaram todo percurso sob escolta do Núcleo de Operações Especiais (NEO) da Polícia Rodoviária Federal. No Município de Itapajé, onde uma grande estrutura foi montada para receber os protestantes, ficou marcado como ponto alto do acontecimento. Momento em que as autoridades aproveitaram para discursar. O primeiro a falar foi o prefeito de Sobral, Veveu Arruda. Falou da importância da rodovia federal para região e parabenizou Cid Gomes pela iniciativa e pelas críticas feitas ao ministro do Transportes, Alfredo Nascimento. “Se vossa excelência precisar de testemunhas, eu serei sua testemunha. Se vossa excelência precisar de um advogado, eu serei seu advogado”, disse se referindo a queixa-crime registrada pelo ministro, no Supremo Tribunal de Justiça (STJ), contra Cid Gomes. Maior prejudicado O prefeito de Itapajé, Francisco Marques Mota, disse que seu Município está sendo um dos mais prejudicados por ser considerado a porta de entrada para quem precisa seguir viagem pela BR-222. “A rodovia, nas condições que se encontra, tem trazido grande prejuízo para a economia local” disse o gestor. O governador Cid Gomes, cumpriu a “prova” como prometeu, dirigindo um veículo 4×4. Na chegada a Itapajé, antes de subir ao palanque, em entrevista coletiva, voltou a criticar o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, como fez na semana passada quando esteve em Sobral. Na ocasião, xingou de “inepto, incompetente e desonesto”. Após participar do Rally, Cid Gomes voltou a dizer que o Ministério dos Transportes e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) são os responsáveis pelo problema. “Se tem culpados são exclusivamente eles. O ministro dos Transportes e o Dnit são os responsáveis por manter e restaurar as estradas. O que nós queremos é que as BRs tenham estradas em condições de trafegabilidade pela população que sofre todo dia ao ir e vir de Sobral para Fortaleza”, disse. Já para multidão, o governador do Ceará, disse que eles encontraram o caminho da Justiça para tentar se livrar de suas responsabilidades, fazendo referências a queixa-crime feita pelo ministro. Após a palavra das autoridades o organizador do evento, Wellington Macêdo, apresentou à imprensa dois troféus que serão enviados ao Dnit e ao Ministério dos Transportes, pela contribuição que os dois órgãos deram ao número de acidentes nas BRs, no Ceará. Enquete Participação “Acho louvável a atitude do povo cearense em protestar contra o descaso da BR-222. Quero ver essa rodovia em perfeito estado” ALDENOR FAÇANHA JÚNIOR, Empresário “Precisamos sair desta situação. O protesto de hoje (ontem) deve ser estendido às rodovias federais que cortam o Ceará” FRANCISCO LINHARES DA PONTE, Comerciante “Estou aqui como um participante que sonha em ver uma rodovia em perfeito estado de conservação” JÚNIOR FILHO, Competidor de off-road MAIS INFORMAÇÕES Casa Civil – Palácio da Abolição – Av. Barão de Studart, 505 Meireles – Fortaleza (CE) Telefone: (85) 3466.4000 Wilson Gomes Colaborador CONFLITO Condições da BR-222 cria embate político Críticas do governador Cid Gomes sobre as rodovias federais geram conflito com ministro dos Transportes Sobral A ideia de organizar um Rally para protestar contra as péssimas condições da BR-222, entre Fortaleza e Sobral, resultou no principal embate político da semana passada. Depois de criticar o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, de “inepto, incompetente e desonesto” e também chamar de “laia” e “antro de roubalheira” o Ministério dos Transportes e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), rendeu ao governador do Ceará uma queixa-crime apresentada pelo ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). A ação penal (APN 669) foi impetrada na quarta-feira última. No mesmo dia, Cid Gomes cumpriu agenda em Brasília, com audiências nos ministérios da Agricultura, Planejamento, Orçamento e Gestão, Fazenda e Integração Nacional. Ficando de fora a situação das BRs, que segundo a assessoria do governador, não estava na pauta das reuniões. Após reafirmar o que havia dito por ocasião do evento “O governador na minha cidade”, sábado, dia 7, Cid Gomes falou mais uma vez que não gosta de polêmica. Disse acreditar que as acusações já atingiram o objetivo, que foi o de trazer a público a péssima situação que os cearenses enfrentam em trechos das rodovias federais no Estado. “O descaso não é de agora. São mais de oito anos de inverno que começam a reconstruir a estrada e acaba no inverno seguinte. Falta manutenção. As estradas de responsabilidade do meu governo já têm R$ 70 milhões assegurados para conservação e manutenção”, disse Cid Gomes durante o Rally. Apoio Na Assembleia Legislativa do Estado, o governador encontrou apoio às críticas feitas ao Ministério dos Transportes e ao Dnit. Como prova, os deputados Roberto Cláudio, Danilo Fortes e Ferreira Aragão foram ao Rally. Mas Ferreira Aragão não pode participar por conta da morte de um ente. Os deputados federais Padre Zé Linhares e João Jaime também foram ao evento. A manifestação que culminou com o fechamento da BR-222, no Município de Umirim, foi liderado por um grupo que dar apoio ao deputado estadual Danilo Fortes naquela região. Foi mais de uma hora de rodovia fechada para o tráfego até a chegada dos primeiros carros que participaram do Rally da BR-222. Na Assembleia Legislativa, o deputado Wellington Landim (PSB) apresentou requerimento pedindo voto de repúdio ao ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento. O parlamentar acredita que esta semana, sua proposta será votada no plenário da casa legislativa e aprovada pela maioria dos deputados. Esse não é o único requerimento referente ao ministro. Na quinta-feira, o deputado Júlio César Filho (PTN) protocolou um pedido de moção de repúdio ao ministro dos Transportes. ——————————————————————————– ——————————————————————————– Fonte: Diário do Nordeste

setcarce
Author: setcarce

Deixe um comentário